segunda-feira, 20 de abril de 2009

tentativa tentação

E ela é assim,
um sim,
amiga
bonita
sozinha,
assim.

No calar da madrugada,
após ser revirada
pelas palavras da atriz,
ela é assim.

A Cinelândia parece pequena,
os pensamentos já vêm no esquema,
e o texto surgiu assim
é gato,
é rato,
é samba,
e elas se encontram aqui.

Ela é diferente
escreve não o que sente,
tenta dialogar.
Selaram um contrato
e já até postaram
sem esperar pelo jantar.

Aliviou a angústia interna
agredindo todas as teclas,
vive bem assim.

Ai, menina, não fica mais sozinha.
Deixa de ser assim !

Um comentário:

Bárbara D. Figueiredo disse...

Pra quem nunca tinha feito um poema hein...
hahaha

Minha querida, suas palavras são belas e fiéis a minha realidade. Realmente amei o poema, muito obrigada pela homenagem, realmente significou muito pra mim.
Não podia ter tido companhia melhor, aquele dia na Cinelândia, do que você.

E eu encontrei uma amiga...que não me deixar ser assim, tão sozinha.

Um grande beijo, Babi.